“Não existe memória sem emoção”


fotografia: Michel Téo Sin | food stylist: Heiko Grabolle | cliente: TopMed Magazine

O neurocientista António Damásio, respeitado mundialmente deu uma entrevista para a Revista Veja (ed. 2147), onde transcrevo as seguintes partes:

“A emoção modula constantemente a forma como os dados e os acontecimentos são guardados na memória.”

Clique no link abaixo para continuar lendo

“Grande parte de nossas decisões é tomada de maneira mais ou menos automática e inconsciente. Esse processo é guiado pelo valor que se dá às diversas experiências do passado. Por exemplo, se eu conheço uma pessoa que desperta boas emoções em mim, toda vez que eu a encontrar, vou reviver uma memória que se divide em dois aspectos: o cognitivo (saber quem é a pessoa) e o emocional (é alguém de quem se gosta). Tais aspectos guiam a forma como conduzimos a relação com os outros. Não há memória ou tomadas de decisão neutras, sem emoção.”

Damásio exemplifica a explicação sobre a relação da memória e emoção com pessoas, mas digo que o mesmo acontece com marcas e produtos. A percepção de valor de uma marca se dá às experiências que o consumidor já vivenciou com um produto da mesma. É a associação de imagens e emoções no inconsciente que fazem com que um consumidor seja atraído ou tenha simpatia por uma marca do que outra e consequentemente influenciar na escolha da hora da compra.

Então, o empresário da área da gastronomia, além de se preocupar e investir no cardápio/receitas, equipamentos para cozinha, treinamento de funcionários e decoração do estabelecimento, também deve ter o mesmo cuidado com o cheiro, a música, a climatização e claro, as imagens usadas no estabelecimento e em materiais de divulgação. Tudo isto com o objetivo de associar a empresa/marca a boas sensações e assim conquistando consumidores.

Pense nisso.

2 replies
  1. vecks says:

    Talvez eu precise da ajuda de um food stylist pra deixar a calda do meu cheesecake brilhante e atraente. A minha fica meio feiosa.

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>