Posts

Equipamentos para o food stylist

Equipamentos para food styling

A minha caixa de equipamentos para trabalhos de food styling

Assim como a tesoura é para o cabelereiro e a câmera é para o fotógrafo, o food stylist também tem suas ferramentas essenciais para trabalhar. Caso você pretenda trabalhar na profissão de food styling, seguem abaixo alguns equipamentos que são essenciais na minha opinião:

- Seringa: bom para aplicar molhos;
- Pincéis: ótimos para limpar pratos e aplicar líquidos;
- Maçarico: necessário para dourar e caramelizar superfícies;
- Bisturi: essencial para cortar e recortar pequenos detalhes no set;
- Palitos de madeira: é o que mais uso, serve para fixar e modelar elementos;
- Escumadeira: para frituras e cozimentos;
- Batedor pequeno: útil para misturar molhos;
- Pinças: para segurar e manipular alimentos.

Você encontra estes equipamentos em lojas de ferramentas, utensílios para cozinha e farmácias.

Sucesso no trabalho!

10 motivos para contratar um food stylist

fotografia: Raphael Günther

Para clientes que contratam fotógrafos profissionais na área de fotografia de comida muitas vezes é necessária a contratação do food styllist, sobre esta questão, segue abaixo alguns motivos:

  1. Eles têm uma formação técnica, sabem trabalhar e manipular alimentos para serem fotografados.
  2. Os food stylists têm os contatos certos para saberem onde conseguir os ingredientes que precisam para a produção e ambientação.
  3. Eles conhecem e se preocupam com as tendências do mercado, como aparência mais leve, mais saudável, etc.
  4. Uma imagem de comida só tem uma chance para convencer, o da primeira impressão. Os food stylists trabalham com o objetivo de chegar mais próximo da perfeição e trabalham nos mínimos detalhes para que a primeira impressão convença.
  5. Para que a produção seja otimizada, os food stylists calculam e organizam as compras da produção para evitar gastos desnecessários.
  6. Os food stylists possuem métodos para comporem uma imagem e prepararem o set de cada produção conforme da sua necessidade.
  7. Os profissionais têm equipamentos e ferramentas adequadas para manipular alimentos, tais como fogões, facas, soprador de ar, etc.
  8. Sabem se expressar visualmente e são detalhistas com a matéria prima.
  9. Possuem conhecimento para reconhecer e valorizar as texturas, que é o grande diferencial do profissional que produzir imagens para estimulam o apetite.
  10. Os estilistas de alimentos, como também são chamados os food stylists, preparam os pratos, exclusivamente para serem fotografados. Fazem que os alimentos pareçam apetitosos e deliciosos.

Workshop de Fotografia de Comida – São Paulo


fotografia: Guimel Salgado

No sábado passado foi realizado mais um workshop, desta vez em São Paulo. Como no primeiro workshop na cidade, teve gente que veio de longe, desde do interior paulista como também de outras cidades como Rio de Janeiro, Florianópolis, Goiânia e Recife.

Tivemos o prazer de compartilhar um pouco do nosso conhecimento com uma turma animada de fotógrafos, designers, chefs, empresários, nutricionista, videomaker.

Obrigado São Paulo!


fotografias: Guimel Salgado

Workshop de fotografia de comida 2011


fotografia: Guimel Salgado

Ano passado tivemos um feedback positivo em relação ao nosso workshop e para este ano temos programado em realizá-lo nos seguintes datas e cidades:

  • 16 de abril – Curitiba
  • 14 de maio – São Paulo
  • 11 de junho – Porto Alegre
  • 9 de julho – Florianópolis
  • 1 de outubro – São Paulo

O workshop será realizado nos sábados com carga horária de 8 horas, com teoria e prática em food styling e fotografia de gastronomia. Para o workshop acontecer, será necessário o mínimo de 12 participantes.

Para se inscrever ou saber mais informações envie um e-mail para workshop@fotografiadecomida.com.br

Um chef e um fotógrafo

© Michel Téo Sin / Heiko Grabolle © Michel Téo Sin / Heiko Grabolle
fotografia: Michel Téo Sin / food styling: Heiko Grabolle

Imagine um chefe de cozinha alemão que conhece uma dúzia de países, já trabalhou por seis meses em um navio navegando por meio mundo e escolheu a ilha de Florianópolis, no sul do Brasil, para viver por causa da tranquilidade, mas é uma pessoa hiperativa com muitas idéias na mente e que de alemão só sobrou o sotaque.

Imagine também, um jovem fotógrafo descendente de coreanos que fugiram da guerra, na qual metade da sua família vive no Brasil, e a outra metade nos EUA. A sua experiência pessoal é formada por uma mistura de culturas, a sua mente também é hiperativa e cheia de idéias e o seu coração é brasileiro, apesar de fisicamente não parecer um.

Estes são Heiko Grabolle e Michel Téo Sin. Eles se conheceram num trabalho fotográfico e o introsamento foi tão natural que rendeu uma parceria. Parceria, esta, que é alimentada pela diversidade de experiência e conhecimento de cada um.

A idéia do blog é justamente em compartilhar um pouco do conhecimento de cada um. O Heiko postará informações, novidades e dicas relacionadas ao food styling e o Michel a fotografia de gastronomia.

Read more